? ??????????????????? ????Easy Install Instructions:???1. Copy the Code??2. Log in to your Blogger account
and go to "Manage Layout" from the Blogger Dashboard??3. Click on the "Edit HTML" tab.??4. Delete the code already in the "Edit Template" box and paste the new code in.??5. Click "Save Template" CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS ?

terça-feira, 21 de julho de 2009

Fractal



.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

.
..
.
Como sou através do teus olhos,
esses olhos fractais?
Por que nossa forma se repete
em coloridos espirais?

Eu te transpiro, eu cometo os mesmos erros
porque somos espelhos virados um pro outro...

Dentro de mim, há milhares de rostos teus
Dentro de ti, há milhares de sorrisos meus
E nunca nos separaremos
porque nos repetiremos infinitos.

Enquanto transpiro palavras,
teu silêncio sufocante;
Enquanto calculo teus passos,
meu querer inquietante...

Eu te transpiro, eu cometo os mesmos erros
porque somos espelhos virados um pro outro...

Dentro de mim, há milhares de rostos teus
Dentro de ti, há milhares de sorrisos meus
E nunca nos separaremos
porque nos repetiremos infinitos.

Porque somos um do outro,
porque somos um no outro:
tão minúsculos,
e tão gigantes...

Crystal Solle, 21/07/09

3 cristais:

nuvem disse...

Crystal, este dava uma bonita canção :)

Beijinhos

Carol disse...

Lindo, Carol, como sempre!

Oliver Pickwick disse...

Da Física para a poesia. Aposto que jamais os fractais foram vistos dessa maneira, envoltos em brilhante lirismo.
Um beijo!